segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

A sabedoria da natureza

Roberto Otsu apresenta neste livro algumas lições da Natureza
provenientes do Taoismo e do I Ching que traça paralelos com
o comportamento humano. Ao contemplar os fenômenos naturais
como fontes de conhecimento, recebemos lições das estações, da
água, do bambu, das árvores e do céu. Por exemplo o ensinamento
da água: "A água vai pelo caminho mais fácil. Ao encontrar um
obstáculo a água não se detém ou luta contra ele, simplesmente
dá a volta e segue seu caminho. Ao encontrar um buraco preenche-o
e segue o seu caminho. O caminho mais fácil não é necessariamente
o mais rápido ou o mais curto. Ser fácil não significa não ser
trabalhoso e demorado. Ser fácil é sentir afinidade e fazer com prazer,
mesmo que demore e seja trabalhoso. O caminho difícil é aquele que traz sofrimentos desnecessários,
onde não existe afinidade. A água flui incessantemente. O rio flui, harmoniosamente, da nascente até
o oceano. A água evapora-se, torna-se nuvem e cai novamente como chuva em um ciclo infindável.
Sempre a mesma água. A água nos ensina que o fluxo é necessário, fluxo é vida. Água parada e sem
vida apodrece. As coisas vem e vão em nossas vidas, tudo flui".
Site oficial, aqui!

2 comentários:

  1. Acredito na ATITUDE, AÇÃO, MOVIMENTO e a natureza nos ensina a cada momento como evoluir tranquilamente. Mas nem sempre nossos poros sentem essas vibrações naturais e seguimos caminhos muito tortuosos. O interessante é ABRIR OS POROS ao MUNDO, RESPIRAR e VIVER em CAUSA E EFEITO!

    Adorei as postagens.
    Abraço.
    Sil dLacoc
    atriz

    Nam - myoho - rengue - Kyo

    ResponderExcluir